Brasil proíbe demissões da Ford ao fechar fábricas

Dois juízes trabalhistas brasileiros impediram a montadora norte-americana Ford de fazer demissões em massa ao fechar suas fábricas no país.

As duas medidas cautelares foram expedidas na noite de sexta-feira, segundo a agência de notícias Agencia Brasil.

A proibição se aplica até que as negociações com os sindicatos tenham sucesso, de acordo com o relatório.

Os juízes em Taubaté, no estado de São Paulo, e em Camaçari, no estado da Bahia impuseram multas de até 100.000 reais (cerca de $ 18.626) por funcionário afetado pelas violações. A Ford pode apelar da proibição.

A montadora anunciou recentemente que encerraria a produção no Brasil e fecharia as três fábricas restantes por lá, após mais de 100 anos de operação no país.

A Ford teve perdas consecutivas nos últimos anos, levando a baixas antes dos impostos de cerca de US $ 4,1 bilhões, disse a empresa em janeiro.

O presidente-executivo Jim Farley disse que foi uma decisão “muito difícil, mas necessária”.

O Ministério da Economia do Brasil disse lamentar a decisão da Ford, que discordou da forte recuperação observada na maioria dos setores industriais do país.

Milhares de funcionários são afetados, segundo reportagem do site brasileiro de notícias G1.

As fábricas de Camaçari e Taubaté serão fechadas imediatamente, enquanto a produção da subsidiária da Troller em Horizonte, no Ceará, continuará por alguns meses.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © arturhoje.com.br.
arturhoje.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Artur Hoje