• Portais do Grupo Hoje Comunicação

Diferenças entre coaching, motivação, mentoring

coaching, motivação, mentoring

No texto anterior, falei sobre o coaching. Tentei explicar de uma forma mais simples o que é o trabalho de um coaching. Neste texto, vou explicar as principais diferenças entre essas três ferramentas que são utilizadas na gestão de pessoas.

Como já falamos sobre coaching, vou explicar um pouco sobre motivação e mentoring e depois sobre as semelhanças e diferenças entre elas.

Mentoring, ou em português mentor, é um profissional mais velho e com uma grande experiência em determinada atividade. A função do mentoring é achar um jovem talento na empresa, pode ser até um estagiário e ensina-lo tudo sobre um trabalho especifico e o funcionamento de toda a empresa, visando o sucesso profissional daquele jovem.

Motivação, é o ato de motivar, dar energia, trazer ação a algo ou alguém. Existem inúmeros profissionais de motivação, em sua grande parte são palestrantes, durante essas palestras trazem diversos assuntos e histórias de superação para motivar a plateia.  

Aproveitando o assunto motivação, hoje em dia muitos profissionais da motivação mudaram o nome de suas palestras, agora são palestras de coaching. Além do coaching estar “na moda”, muitas pessoas começaram a ser contra a motivação. Muitas destas pessoas diziam que nas palestras o público fica deslumbrado e quando voltava para a realidade acabavam mais desmotivados do que antes.                

Será que isto é verdade? Será que essas pessoas estão certas? Por quê isto ocorria?

Acredito que não seja verdade, mas pode ser que isso ocorria. Eu sou a favor da motivação, mas precisamos lembrar que motivação é igual banho, você precisa tomar sozinho e todos os dias. O que eu quero dizer com isso, é que você precisa se auto motivar todos os dias, e não esperar que as pessoas façam isso por você.

Agora vamos falar sobre as diferenças, porque acabamos de citar a principal causa dos motivadores virarem coach. Você precisa do coach e do motivador não. Você pode se motivar sozinho mas otimizar seu potencial sozinho é muito mais difícil.

Eu vou usar o seguinte exemplo para tentar explicar a semelhança e também as diferenças entre o coaching e a motivação, a frase que vou usar é do Prof. Mario S. Cortella o qual tive o prazer de conhecer e sou muito fã. Segundo Cortella esta é a definição de capricho:

“Capricho é fazer o seu melhor, nas condições que você tem, até conseguir melhores condições, para fazer melhor ainda ”.

Usando essa frase como exemplo eu posso dizer que: A Motivação, é fazer o seu melhor, nas condições que você tem. E o Coaching vai te ajudar a, conseguir melhores condições, para fazer melhor ainda. E o Mentoring seria uma pessoa que conhecendo o caminho te ensinaria a melhor e mais rápida maneira de se conseguir o objetivo final, te mostrando e dando conselhos de como agir e o que fazer.

Espero ter esclarecido um pouco sobre o assunto, ficarei muito feliz com comentários, curtidas, compartilhamentos e sugestões sobre assuntos para escrever.

“Que seu esforço gere um sucesso tão grande!

Que beneficie até as pessoas que te criticaram…”