Em imagens: Exército de Mianmar toma o poder | Galeria de Notícias

Os militares de Mianmar tomaram o poder na segunda-feira em um golpe contra o governo democraticamente eleito da ganhadora do Nobel Aung San Suu Kyi, que foi detida junto com outros líderes de seu partido Liga Nacional para a Democracia (NLD) em ataques matinais.

O Exército disse que realizou as prisões em resposta a “fraude eleitoral”, entregou o poder ao chefe militar Min Aung Hlaing e impôs o estado de emergência por um ano, segundo um comunicado de uma estação de televisão militar.

O partido de Aung San Suu Kyi postou comentários que ela disse ter escrito em antecipação a um golpe, exortando as pessoas a protestarem contra o golpe militar.

O golpe descarrila anos de esforços apoiados pelo Ocidente para estabelecer a democracia em Mianmar, anteriormente conhecida como Birmânia, onde a vizinha China também tem influência poderosa.

Os generais tomaram sua decisão horas antes de o Parlamento se sentar pela primeira vez desde a vitória esmagadora do NLD nas eleições de 8 de novembro, vistas como um referendo sobre o incipiente governo democrático de Aung San Suu Kyi.

As conexões de telefone e Internet na capital, Naypyidaw, e no principal centro comercial de Yangon, foram interrompidas e a televisão estatal parou de transmitir após a prisão dos líderes do NLD.

Alguns partidários pró-militares comemoraram o golpe, desfilando por Yangon em picapes e agitando bandeiras nacionais.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © arturhoje.com.br.
arturhoje.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Artur Hoje