Explicado: como a Birmânia se tornou Mianmar após um golpe militar há três décadas

Exército de Mianmar tomou o poder em um golpe na segunda-feira (1º de fevereiro): a terceira vez na história do país desde sua independência do domínio britânico em 1948.

Após a última posse, em 1988, os militares tomaram uma decisão que permaneceria polêmica por décadas: mudar o nome do país.

Como a Birmânia se tornou Mianmar

Quando os imperialistas britânicos anexaram o que hoje é Mianmar durante o século 19, eles a chamaram de Birmânia em homenagem ao grupo étnico birmanês governante (Bamar) e a administraram como uma província da Índia colonial. Esse arranjo continuou até 1937, quando a Birmânia se separou da Índia britânica e se tornou uma colônia separada.

Mesmo após a independência do país em 1948, manteve o mesmo nome, tornando-se a “União da Birmânia”. Em 1962, os militares substituíram um governo civil pela primeira vez e em 1974 mudaram o nome oficial para “República Socialista da União da Birmânia”.

Então, em 1988, as forças armadas de Mianmar retomaram o poder no país, após reprimir um levante popular que matou milhares, e mudaram o nome oficial para “União da Birmânia”. Porém, um ano depois, a junta adotou uma lei que substituiu Burma por Mianmar, tornando o país a ‘União de Mianmar’.

Vários outros lugares do país também viram seus nomes mudarem, incluindo a então capital, que ia de Rangoon a Rangoon (desde 2005, a capital é Naypyidaw, 370 km ao norte).

Por que a mudança de nome foi controversa

Ao renomear o país, os militares disseram que buscavam uma maneira de deixar para trás um nome herdado do passado colonial e adotar um novo que pudesse unificar todos os seus 135 grupos étnicos oficialmente reconhecidos, e não apenas o povo birmanês. .

Os críticos condenaram a medida, argumentando que Mianmar e Mianmar significam a mesma coisa na língua birmanesa, apenas que “Mianmar” é uma forma mais formal de dizer “Birmânia”, uma palavra usada coloquialmente. A outra mudança de nome também, como Rangoon para Yangon, refletiu apenas uma maior conformidade com a língua birmanesa, e nada mais. Além disso, as alterações de nome foram feitas apenas em inglês. Mesmo em inglês, a forma do adjetivo permaneceu (e continua sendo) birmanesa, e não birmanesa.

Apoiadores pró-democracia disseram que as mudanças de nome eram ilegítimas, pois não foram decididas pela vontade do povo. Como resultado, muitos governos ao redor do mundo que se opuseram à junta decidiram ignorar as mudanças de nome e continuaram a chamar o país de Birmânia e sua capital, Rangoon.

Então, quando ‘Mianmar’ se tornou aceitável?

Na década de 2010, o regime militar decidiu fazer a transição do país para a democracia. Embora as forças armadas continuassem poderosas, os oponentes políticos foram libertados e as eleições permitidas.

Em 2015, o partido Liga Nacional para a Democracia da líder atualmente detida Aung San Suu Kyi conquistou a maioria dos assentos no parlamento nacional, feito que se repetiu em 2020.

📣 PARTICIPE AGORA 📣: O canal Telegram Explicado Express

À medida que o debate entre Mianmar e Birmânia se tornou menos polarizador, a maioria dos governos estrangeiros e organizações internacionais decidiu reconhecer Mianmar como o nome oficial. Muitos governos, como o da Austrália, decidiram usar a Birmânia e Mianmar como um meio de expressar seu apoio à transição democrática dentro do país e seguir o protocolo diplomático ao mesmo tempo.

Suu Kyi, que se tornou o líder civil do país em 2016, também expressou apoio ao uso de Mianmar ou Birmânia.

No entanto, nem todos os países seguiram o exemplo. Os Estados Unidos continuam sendo um dos poucos países que não reconhece o nome legal atual. Isso foi destacado após o último golpe ocorrido na segunda-feira, quando o presidente Joe Biden disse em um comunicado: “Os Estados Unidos retiraram as sanções contra a Birmânia na última década com base no progresso em direção à democracia. Reverter esse progresso exigirá uma revisão imediata de nossas leis de sanções. “

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © arturhoje.com.br.
arturhoje.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Artur Hoje