O hat-trick de Rossi que arrasou o Brasil

A seleção brasileira que disputou a Copa do Mundo de 1982 na Espanha se tornará uma das melhores equipes a não ter erguido o troféu, ao lado dos Magiares Mágicos de Ferenc Puskas de 1954 e da Holanda de Johann Cruyff em 1974.

O homem que destruiu os sonhos do Brasil foi Paolo Rossi, o atacante italiano da Juventus que quase chegou à seleção nacional depois que a proibição da manipulação de resultados da Série A foi suspensa.

Em 5 de julho de 1982, no já demolido Estádio Sarrià, em Barcelona, ​​Brasil e Itália se enfrentaram na final da segunda fase de grupos da Copa do Mundo, uma virtual quartas-de-final, cujo vencedor seguiria para a semifinal . -finais.

Os brasileiros de Telê Santana venceram as três primeiras partidas da fase de grupos por 10-2 no total.

Por outro lado, a Itália, liderada por Enzo Bearzot, empatou suas três primeiras partidas na fase de grupos, avançando para a segunda fase de grupos, eliminando Camarões pela menor margem de diferença de gols. Rossi, até então, parecia um fantasma de seu passado: ele havia marcado três gols na Copa do Mundo de 1978 na Argentina, mas havia conquistado muito pouco na Espanha até agora.

Na segunda fase de grupos, Itália e Brasil derrotaram a Argentina, deixando os dois times se enfrentando por uma vaga entre os quatro últimos.

Além de Rossi, a Itália tinha jogadores como Bruno Conti, Antonio Cabrini, Marco Tardelli e o capitão Dino Zoff, enquanto o Brasil imaginava que o Brasil teria um meio-campo dos sonhos composto por Cerezo, Falcão, Sócrates e Éder, além de Zico, o formidável craque.

A partida enfrentou o ataque do Brasil contra a defesa da Itália.

O central italiano Gentile foi escalado para marcar Zico e evitar suas corridas. Mas foi Rossi quem abriu o placar aos cinco minutos de jogo, quando o chip de Cabrini foi para a área.

Após 12 minutos, o Brasil produziu um pouco de mágica. Sócrates, o médico leitor de Maquiavel, pegou a bola em sua própria quadra e se lançou para a frente. Ele passou para Zico, que fez uma bela reviravolta para atirar no zagueiro e abriu a defesa italiana com uma mordida precisa que atingiu Sócrates, que o ultrapassou Zoff.

A resposta da Itália foi excluir o Brasil e negar-lhes qualquer espaço. Os brasileiros soltos foram apertados e começaram a cometer erros, primeiro do Cereo e depois do goleiro Waldir Peres, que gosta de Robert Duvall.

Aos 25 minutos, Rossi, sempre à espreita, aproveitou um passe preguiçoso de Cerezo dentro da área do Brasil e bateu em Peres.

2-1 para a Itália no intervalo.

O Brasil, sabendo que tinha 45 minutos para salvar o jogo, começou a procurar uma forma de romper a defesa italiana.

Gentile foi a sombra de Zico todo esse tempo, mas aos 68 minutos o brasileiro deu espaço para Falcao entrar e chutar de pé esquerdo em Zoff.

O empate teria bastado para o Brasil, mas seguiu em frente, perdendo as chances de Zico e Eder. A Itália, que precisava vencer, tinha uma janela para os ataques contra eles.

Aos 74 minutos, Peres, uma versão inconsistente de David de Gea, cometeu um erro caro ao conceder um escanteio por descuido. Tardelli rematou da entrada da área, Rossi, sempre atento às oportunidades de golo, acertou com facilidade no hat-trick. 3-2, Itália.

Os últimos 15 minutos produziram um jogo frenético do Brasil. Onda após onda de ataques dos homens de amarelo, mas uma determinada defesa italiana os frustrou todas as vezes. A Itália poderia ter tido um quarto de jogo quando, aos 86 minutos, o meia Giancarlo Antognoni ultrapassou Rossi, livre na direita, e entrou na grande área para o retorno, que veio por intermédio de Gabriele Oriali.

Mas o ataque de Antognoni foi considerado fora-de-jogo, mas acabou ocorrendo dias antes do VAR.

A um minuto do fim, Éder cruzou, mas o cabeceamento de Oscar foi brilhantemente travado por Zoff, 40, na linha do gol.

Quando o apito final soou, o contingente italiano explodiu em euforia; do lado brasileiro, houve um silêncio atordoante.

Mais tarde, Sócrates seria declarado 5 de julho de 1982 como o “dia da morte do futebol”. O jeito brasileiro de jogar acabou, muito do estrago feito por Paolo Rossi.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © arturhoje.com.br.
arturhoje.com.br is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Artur Hoje